↑ Retornar para Sobre

Imprimir Página

História

História

Sobre a Olimpíada de Neurociências no Brasil e no Mundo.

As Olimpíadas de Neurociências (Brain Bee) são competições de neurociência para estudantes do ensino básico. Seu objetivo é motivar os jovens a aprenderem sobre as ciências que estudam sistema nervoso e despertar vocações nas áreas de ciências humanas, tecnológicas e biológicas que estudam ou interagem com as neurociências tanto ao nível básico como clínico. Estas competições são normalmente realizadas em inglês, mas a partir de negociações entre a coordenação nacional brasileira e o Comitê Internacional, foi acordado que no Brasil as olimpíadas poderiam ser bilingues, embora a competição internacional utilize como língua oficial o inglês e não será disponibilizado qualquer alternativa de tradução na competição internacional.

O Dr. Norbert Myslinski fundou internacionalmente esta ação em 1998, na Universidade de Maryland (EUA), contanto com a participação de 12 Comitês Locais Norte-americanos. Atualmente, a organização segue o padrão original estabelecido pelo Dr. Myslinski, onde os estudantes avançam através de três níveis: competições locais (mais de 150 Comitês Locais, sendo 3 brasileiros), nacional (em mais de 30 países) e internacional que agregam competidores de 6 continentes! Cerca de 30 mil estudantes competem anualmente, sendo esta a primeira vez que teremos competições no Brasil, através dos Comitês Locais e uma Seleção Nacional, que habilitará um estudante a competir internacionalmente. Existem mais de 60 sites dedicados a iniciativas locais em todo o mundo e muitos dos ex-concorrentes de olimpíadas de neurociências estão trabalhando agora em neurociência, neurologia, psicologia e áreas afins.

Os alunos que se preparam para a competição podem estudar, com a supervisão de um professor, através de livros que estão disponíveis gratuitamente para download da Internet em 16 idiomas diferentes no site da IBRO, compreendendo as seguintes funções cerebrais: sensações, inteligência, emoções, movimento e consciência, assim como disfunções cerebrais tais como Alzheimer, autismo e os vícios e técnicas de pesquisa e tecnologia médica. De um modo geral, o formato da competição é composto por perguntas orais e respostas escritas (objetivas e discursivas), mas podem incluir (como no caso da IBB e da OBN) testes de laboratório, atividades práticas de neuroanatomia e neurohistologia, diagnóstico do paciente com atores e análise de imagens (p.e. ressonância magnética).

A OBN é uma organização não-lucrativa financiada principalmente por contribuições, mas também ajudada e/ou apoiada por parceiros que incluem a Organização Ciências e Cognição, a Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento, a Sociedade Brasileira de Educação e Neurociências, a Organização Internacional de Investigação do Cérebro, e muitas faculdades, universidades, fundações, museus, hospitais, bibliotecas, institutos, sociedades e empresas. Diferentes organizações podem sediar sediar o Campeonato da OBN e suas convenções anuais, conforme disponibilidade.

A OBN, assim como a IBB, continua a se expandir e esperamos que mais Comitês Locais sejam iniciados em todo o território nacional, sempre com o objetivo de estimular o aprendizado de neurociências, assim como de despertar vocações por todo o Brasil!!  Convocamos educadores e cientistas para iniciarem um Comitê Local de Olimpíadas de Neurociências em sua cidade. É divertido, fácil e gratificante.

Coordenadores locais podem ser Acadêmicos, Professores, Pesquisadores, Adminstradores Escolares, Profissionais Liberais, Pós-Graduandos, ou qualquer um que tenha interesse em ciência da educação e sensibilização da comunidade para os estudos em neurociências! Participe!! Mais informações pelo e-mail brazilianbrainbee@gmail.com ou alfredsholl@gmail.com).

Por que Participar?

Segundo o fundador Internacional das Olimpíadas de Neurociências, Dr. Myslinski:  “O International Brain Bee motiva nossa juventude para aprender mais sobre o cérebro … Precisamos de sua energia e sua paixão para ajudar a encontrar a cura para doenças como autismo, doença de Parkinson, esclerose múltipla, lesão da medula espinhal e outros transtornos cerebrais.”

Existem várias razões para os jovens participarem das Olimpíadas de Neurociências! Os participantes adquirem experiências novas e enriquecedoras explorando os mistérios por trás das ciências que estudam o sistema nervoso. Além disso, irão participar de reuniões e encontros com outros jovens e pesquisadores renomados provenientes de outras escolas, cidades e países, enquanto aprendem mais sobre as neurociências. As competições locais e nacional são excelentes oportunidades para que os jovens se exponham a materiais de leitura mais específicos do que aqueles que eles podem encontrar em suas escolas, o que pode estimular o estudo e despertar vocações alem de auxiliar no preparo para seus estudos. Várias instituições de ensino superior por todo o mundo incentivam os participantes e a comunidade não cientifica promovendo um novo olhar sobre o papel dos centros de pesquisa e de ensino superiores para as comunidades, uma vez que junto com a competição são desenvolvidos cursos e atividades extensionistas nas mais diversas instituições.

Os alunos que participam das Olimpíadas de Neurociências concorrem a premiações, as quais podem incluir medalhas, estágios, bolsas de estudo, bem como viagens para outras competições.

Elegibilidade

Qualquer estudante do ensino básico (poreferencia para o ensino médio), entre 14 e 19 anos é elegível para competir em uma das Olimpíadas de Neurociências Locais, Nacional ou Internacional. Entretanto, um candidato só pode competir por um único Comitê Local por ano, devendo escolher entre aqueles credenciados nacionalmente (veja lista de Comitês). Os das Olimpíadas de Neurociências Locais são automaticamente convidados para a competição Nacional (OBN), e o vencedor da OBN é convidado para o Campeonato Internacional (IBB). Os alunos que já competiram nos Campeonatos Nacional e Internacional não são elegíveis para participar de novo nestes níveis, embora possam competir de novo pelas Olimpíadas Locais. Caso saiam novamente vencedores em um local, não poderão competir nacionalmente ou internacionalmente, devendo os Comitês Locais com a responsabilidade de indicar outro candidato para a OBN.

 Objetivos no Âmbito das Ciências Humanas, Tecnológicas e Biomédicas

  • Despertar o interesse dos estudantes do ensino básico para as várias ciências que estudam os fenômenos e comportamentos coordenados pelo sistema nervoso, na saúde e em situações patológicas;
  • Estimular o desenvolvimento de Comitês Locais responsáveis pela organização e estabelecimento de iniciativas visando a popularização, divulgação e difusões dos conhecimentos sobre o sistema nervoso para estudantes do ensino básico;
  • Aproximar os estudantes e professores do ensino básico ao ambiente universitário, promovendo o divulgação e compreensão do saber científico e das inovações científico-tecnológicas;
  • Estimular o processo de descoberta das capacidades intelectuais pelos estudantes, assim como o crescimento social, econômico e cultural do jovem durante sua formação básica;
  • Estimular a troca de idéias e experiências ao âmbito educacional com o apoio de espaços formais e não formais de ensino em todo o território nacional, além de estimular a participação em eventos internacionais;
  • Estabelecer o contato e fomentar o estabelecimento e ampliação de relações educacionais e sociais entre jovens residentes no Brasil e em diferentes países.

Mais informações

Para mais informações sobre as Olimpíadas de Neurociências pelo Brasil, veja a página com a listagem dos Comitês ou envie um e-mail para nós: brazilianbrainbee@gmail.com.

Para mais informações sobre como você pode montar um Comitê Local, por favor, clique aqui!

_______________________________________________________________________________________

  
Esta Olimpíada de Neurociências é um evento sancionado oficialmente pela International Brain Bee.
© 2012 Organização Ciências e Cognição. Todos os Direitos Reservados. Por favor, envie sugestões de melhorias, correções e comentários para o suporte Web, aos cuidados de Glaucio Aranha.

 

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/brazilianbrainbee/pagina-exemplo/historia/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>