Resultado da III Olimpíada Brasileira de Neurociências

A III Olimpíada Brasileira de Neurociências foi realizada no dia 09/05/2015, na cidade do Rio de Janeiro, tendo como ganhadoras: Giovanna Lemos Ribeiro (1o. Lugar – Colégio Pentágono – SP); Lorrayne Isidoro Gonçalves (2o. Lugar – Colégio Pedro II – RJ) e Caroline Magalhães de Toledo (3o. Lugar – Colégio Etapa – SP)

Foi realizado no dia 09 de maio de 2015, na Casa da Ciência, a III Olimpíada Brasileira de Neurociências (III Brazilian Brain Bee). Trata-se de uma competição de neurociências para estudantes do ensino básico, que visa incentivar a busca pelo conhecimento sobre o sistema nervoso e estimular o interesse de estudantes do ensino básico pela pesquisa acadêmico-científica nas diferentes áreas das neurociências. No Brasil, a iniciatica é Coordenada pelo Prof. Dr. Alfred Sholl-Franco (IBCCF/UFRJ) e promovida por “Ciências e Cognição – Núcleo de Divulgação Científica e Ensino de Neurociências“. A competição de 2015 teve como ganhadoras, tendo como ganhadoras:Giovanna Lemos Ribeiro (1o. Lugar – Colégio Pentágono – SP); Lorrayne Isidoro Gonçalves (2o. Lugar – Colégio Pedro II – RJ) e Caroline Magalhães de Toledo (3o. Lugar – Colégio Etapa – SP). A primeira colocada representará o Brasil, em agosto, na competição internacional que será realizada durante o

A ação foi coordenada por Alfred Sholl-Franco (UFRJ) e Ingrid Moura (UFRJ), tendo uma Comissão Julgadora formada pelos professores Alfred Sholl-Franco (UFRJ), Priscila Bomfin (UFF), Adriana Melibeu (UFF), Sérgio Gomes (Instituto do Cérebro/SP), Ana Cristina Trancoso (UFF – campus Rio das Ostras) e Fabrício Cardoso (SESUPEG). A competição contou ainda com a presença da Profa. Dra. Silvana Allodi, que participou da premiação.

A competição envolveu uma bateria de mais de cem questões sobre: neuroanatomia, neurofisiologia, histologia,  e clínica. Embora a competição se destine a alunos do ensino médio todas as questões envolviam conhecimentos de nível superior e contaram com índices acima de 80% de acerto entre os primeiros colocados.

A equipe realizadora contou com a valiosa participação de voluntários compostos por alunos da Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Federal do Rio de Janeiro, que deram suporte e apoio para realização da competição, com ações que incluiram a dramatização de quadros clínicos.

Esta competição teve seu inicio em 1998, por iniciativa do  Dr. Norbert Myslinski, (Universidade de Maryland, EUA), sob a rubrica Brain Bee Competition. Iniciada nos EUA se expandiu para vários países. Existem atualmente cerca de 150 coordenadores de Olimpíadas de Neurociências distribuídos em Comitês Locais por todo o mundo. Um representante de cada país é selecionado a partir de seleções nacionais que agregam os candidatos indicados por Comitês Locais e o vencedor é convidado a participar de uma competição internacional (International Brain Bee).

Maiores informações: http://cienciasecognicao.org/brazilianbrainbee/

IMG_3512 IMG_3514 IMG_3526 IMG_3531

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/brazilianbrainbee/resultado-da-iii-olimpiada-brasileira-de-neurociencias/

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.