Alguns trechos do artigo “How Might Yoga Help Depression? A Neurobiological Perspective” Patricia Anne Kinser, PhDc, Lisa Goehler, PhD, and Ann Gill Taylor, EdD. Tradução livre por Elisabete Castelon Konkiewitz

vídeo do youtube

http://www.youtube.com/watch?v=Lqbb4-tlAfQ&hd=1

391506_444396012258271_2060663575_nResumo

A depressão é uma condição de saúde mental prevalente em todo o mundo e é a principal causa de incapacitação em adultos com menos de 45 anos de idade . A maioria dos indivíduos com transtorno depressivo maior ( MDD) relata apenas uma diminuição de 50 % nos sintomas com o uso dos tratamentos alopáticos padrão para a depressão . Os mecanismos subjacentes à depressão permanecem mal compreendidos , embora o estresse e seus correlatos
contribuam para vários aspectos da fenomenologia da depressão. Assim, o stress e a depressão são claramente interligados , com o estresse podendo precipitar ou agravar os sintomas depressivos e depressão podendo ser uma causa e / ou o resultado de estresse agudo ou crônico. Portanto, o uso de abordagens terapêuticas adicionais
para lidar com o stress e a depressão , tais como terapias complementares , incluindo o yoga ,
pode contribuir de forma importante para a redução dos sintomas . Com base em uma imagem emergente de como o estresse e humor são regulados dentro do sistema nervoso , e considerando o conceito de Homeostatic Executiv Network (Rede Executiva Homeostática), que recentemente avançou , nós fornecemos uma visão geral da integração de mecanismos e substratos biológicos da depressão , que devem ser alvo de investigação para avaliar como a prática do yoga pode reduzir sintomas depressivos .

ardha matsyendrasana

Introdução

…A depressão pode ser pensada como um comportamento de recuperação, em que um indivíduo, quando exposto a um desafio psicológico (stress) ou fisiológico (doença), retira-se do meio ambiente, num esforço para evitar o agravamento da lesão (ou seja, o indivíduo evita expor-se a situações estressantes até que se regenere, até que volte a ter forças para vencê-las). Fatores estressores do cotidiano e a forma como o indivíduo os avalia influenciam o risco de depressão; indivíduos que demonstram afeto negativo, atitudes de auto-crítica, e vínculos afetivos fracos estão em maior risco. Um fator que parece influenciar fortemente  a capacidade de enfrentamento é a controlabilidade do stressor. Quando o estresse é percebido pelo indivíduo como incontrolável, o comportamento de “desamparo aprendido” pode ocorrer. Nestas situações, os animais e as pessoas já não tentam lidar com o estresse, mesmo se o estressor se torna controlável.

SONY DSC

adho mukha svanasana variação -tri pada adho mukha svanasana

Yoga como um tratamento para a depressão


…Yoga é um antigo sistema de saúde holística, que se originou na Índia por volta de 2000 aC.
Nos Estados Unidos hoje, o yoga é uma prática mente-corpo geralmente bem aceita e acessível com foco no bem-estar físico e mental. Embora não haja uma definição exata, a palavra Yoga é derivada do sânscrito e é muitas vezes traduzida como “união”, comumente interpretada como a unificação de corpo, mente e espírito para promover a saúde e o bem-estar.

O mestre de Yoga Swami Vivekananda, em seu discurso no Parlamento das  Religiões, em Chicago, em1893, descreveu o yoga como um sistema acessível para a saúde com base nos seguintes princípios fundamentais: relaxamento(savasana), movimentos físicos(asanas), práticas de respiração (pranayama) e meditação/pensamento positivo (Dyhana). Apesar de numerosas adaptações e estilos, estes são os elementos básicos da prática do yoga normalmente incluídos em aulas atuais nos Estados Unidos. Recentes inquéritos nos Estados Unidos estimam que5-7,5% da  populaçã otem praticado, ou já praticou yoga em algum momento de sua vida.

1001280_569865306415082_893575508_n

anjaneyasana lado...”Hatha Yoga” é a forma mais comumente praticadade yoga nos Estados Unidos, e é considerada uma disciplina de práticas físicas, mentais e espirituais que se destinam a  fornecer um caminho para a união de corpo, mente e espírito. As práticas de respiração rítmica e as práticas de meditação/relaxamento são projetadas para  induzir uma sensação de calma e bem-estar, maior tolerância ao estresse, e foco mental,os quais podem minimizar a depressão, a ansiedade, o estresse e a ruminação (pensamentos repetitivos em círculo). O Yoga utiliza posturas físicas suaves para aumentar a força, a flexibilidade e o equilíbrio, dando aos praticantes desta antiga modalidade um senso de controle sobre o corpo. Como uma forma de exercício consciente e de baixo impacto, os movimentos no yoga podem ter efeitos antidepressivos ansiolíticos.

SONY DSC

O Yoga pode influenciar os processos inflamatórios envolvidos na depressão através da ação sobre o nervo vago. Fibras nervosas vagais eferentes, através do neurotransmissor acetilcolina, exercem efeitos antiinflamatórios. Os componentes de respiração lenta, as práticas de relaxamento, a concentração no corpoe as posturas podem influenciar aferências para as áreas límbicas e corticais envolvidas na regulação do humor e que também influenciam a resposta parassimpática. De fato,práticas de respiração lenta encontradas no yoga têm se mostrado capazes de reduzir a frequência cardíaca  e a pressão arterial, provavelmente por via parassimpática. Pelo fato de a inflamação ser considerada um fator contribuinte da depressão, a ativação da via anti-inflamatória vagal pode ser um importante mecanismo pelo qual a prática do yoga diminuia os sintomas depressivos.

Perspectivas e conclusão:

utkatasana 1

.

Técnicas aprendidas em yoga podem ajudar a uma mudança individual da percepção e da avaliação de um estressor, alterando as respostas afetivas e fisiológicas à situação. Embora poucas pesquisas tenham relatado as correlações neurobiológicas da prática do yoga especificamente, os resultados recentes de estudos de neuroimagem nos permitiram avançar a idéia de que o yoga pode reduziras respostas de estresse em subregiões do córtex pré-frontal responsáveis pelo controle da carga alostática, utilizando tanto uma via descendente (por exemplo,através de reavaliação psicológica), como uma via ascendente (por exemplo, através de respostas autonômicastais como inflamação reduzida ou tônus ​​vagal reforçado). Assim,terapias mente-corpo, como o yoga, podem apoiar terapias farmacológicas e psicológicas, melhorando as respostas autonômicasao stress e auto-reguladando  comportamentos de enfrentamento. Como tal, uma intervenção através do yoga deve ser considerada para ajudar pessoas deprimidas a lidar com o estresse cotidiano e com seus sintomas depressivos. Investigação mais rigorosa é justificada para esclarecer os mecanismos específicos da eficácia do yoga.

 

 

1208492_569851086416504_1195612109_n

How Might Yoga Help Depression? A Neurobiological Perspective. Patricia Anne Kinser, PhDc, WHNP-BC, MS, RN1,2,*, Lisa Goehler, PhD1, and Ann Gill Taylor, EdD, RN, FAAN1 1Center for the Study of Complementary and Alternative Therapies, School of Nursing, University of Virginia, Charlottesville, VA 22908; 2Bon Secours Memorial College of Nursing Published in final edited form as:  Explore (NY). 2012 March 1; 8(2): 118–126. doi:10.1016/j.explore.2011.12.005.  Tradução livre por Elisabete Castelon Konkiewitz

Artigo na íntegra- clique abaixo:

 How Might Yoga Help Depression

 

Adicionar a favoritos link permanente.

3 Comments

  1. Hello,

    My name is Antonio and was doing a search on sites like mine, and found her.

    I also have a website that talks about [health] the site is [http://tutorsaude.com/] and work a lot on it to always have the best content.

    The fact is that I could not help noticing your site and realized how it is fantastic. The content you have on it is very good, full of great quality and taste.

    Moreover I realized that the structure of the entire site is very good for sure is maintained by a person of very good taste, congratulations.

    As I also said I have a site about [http://tutorsaude.com/] it is a new site, but I’m working hard on it and the audience has been growing much every day.

    My intention with this email is to partner with you, I do advertising for your site to everyone, and you send me a return
     
    What do you think?

    • Hi, Antonio! Thank you for your words. They mean a lot to me and are a great encouragement. We can try a collaboration, as you suggested. I am open and happy to do it. Best regards.
      Elisabete Castelon Konkiewitz

  2. Cara Legal esse site.Meu no meu caso insonia ninguem merece, o dia seguinte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *