As histórias de Oliver Sacks – por Alessandra C. Martini

Nascido em Londres, Inglaterra, em 1933, Oliver Sacks é um neurologista e professor de neurologia na New York University (NYU). Mais conhecido pelos seus livros, que reúnem histórias de casos da sua longa experiência como médico neurologista, frequentemente Oliver é chamado de “o poeta laureado da medicina”. Seus relatos vão além do simples registro e classificação de distúrbios cerebrais e criam uma identidade neurológica, tornando a investigação científica mais sensível e humana.

oliversacks

Em um de seus livros mais conhecidos, O homem que confundiu sua mulher com um chapéu, Sacks reúne uma coleção de casos de pacientes lidando com as mais diferentes desordens neurológicas mas que em comum aprenderam a criar sua própria identidade para lidar com as adversidades.

 

O livro é dividido em quatro partes. Em Perdas, encontramos o caso que dá nome ao livro, contando a história do homem que perdeu a capacidade e a noção do que é um rosto, além de outros relatos de pacientes com perda de memória recente.

Excessos trata dos transtornos em que alguma capacidade mental “transborda”, quando há o exagero de alguma percepção, mas o autor mostra que isso pode vir à somar. É o caso de um músico que usa a Síndrome de Tourette a seu favor, sendo considerado muito talentoso. Em Transportes, o foco é em mudanças no funcionamento do cérebro que criam alucinações ou alterações de percepção, capazes de “transportar” os pacientes de volta para a infância ou criar sonhos tão reais em uma doente terminal fazendo-a sentir como se estivesse voltando para casa, e não morrendo. A quarta e última parte, chamada O mundo dos simples, é, talvez, a mais sensível. Nela, conhecemos pessoas com deficiências intelectuais e capacidades extraordinárias, que possuem um talento incrível para desenhar ou se tornaram verdadeiras bibliotecas musicais. Com muita sensibilidade, Sacks questiona os testes “que só medem deficiências” e o número inimaginável de autistas    com dons expecionais que são negligenciados por ignorância ou descaso.

 

O homem que confundiu sua mulher com um chapéu

De maneira fascinante e muito agradável de ler, Sacks nos convida a adentrar o mundo daqueles que enfrentam adversidade por conta de suas alterações neurológicas, nos fazendo imaginar e sentir a vida como eles fazem.

 

Outras obras do autor:

Enxaqueca
Tempo de despertar
Com uma perna só
Vendo vozes: Uma viagem ao mundo dos surdos
Um antropólogo em Marte
A ilha dos daltônicos
Tio Tungstênio: Memórias de uma infância química
Oaxaca Journal
Alucinações Musicais
O olhar da mente
A mente assombrada
 

É possível ler o livro online ou baixar em pdf neste link: http://lelivros.club/book/download-livro-o-homem-que-confundiu-sua-mulher-com-um-chapeu-oliver-sacks-em-epub-mobi-e-pdf/

 

alessndra martini

Alessandra C. Martini – Farmacêutica, Mestre e Doutoranda em Farmacologia/UFSC com Doutorado Sanduíche Duke University/EUA.

 

Adicionar a favoritos link permanente.

2 Comments

  1. Obrigada, Alessandra, pelo link….

  2. Beijinhos, publiquei no meu blog abração.
    ESQUERDISMO É DOENÇA Por Marília Coutinho: a bipolaridade, a loucura e uma vida com sentido – Congresso MeDISmente http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2015/07/esquerdismo-e-doenca-por-marilia.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *