I Olimpíada de Neurociências da Grande Dourados

olimpiadas

 

A Olimpíada Brasileira deNeurociências é uma competição sem fins lucrativos que visa a incentivar os estudantes de ensino médio de escolas públicas e particulares a buscarem conhecimentos sobre o sistema nervoso e despertar vocações nas áreas de ciências humanas, tecnológicas e biológicas que estudam ou interagem com as neurociências.

Os alunos passam por etapas eliminatórias e os melhores serão selecionados para participarem da competição internacional. Esse ano, em Copenhague, uma brasileira conquistou o 18º lugar geral e 2º lugar na prova de clínica geral, que consiste no diagnóstico de doenças.

O evento internacional ocorre desde 1998 e, no Brasil, há comitês locais no Rio de Janeiro, Ribeirão Preto, Juiz de Fora, São Paulo, Rio das Ostras, Brasília, São Fidélis e Dourados.

No ano de 2017, os acadêmicos de medicina da Universidade Federal de Dourados (UFGD) realizarão a olimpíada em Dourados, ministrando aulas durante os dias 23/01 a 27/0. A prova local será no dia 18/03.

Trata-se de uma oportunidade única de aprendizado na área de Neurociências e de contato dos alunos de ensino médio com alunos de ensino superior.

A preparação não vale só para as olimpíadas, mas o conhecimento adquirido  também contribui para o aprendizado requerido em provas como o ENEM e vestibulares.

 

Para mais informações:

https://www.facebook.com/olimpiadaneurocienciasgd/?fref=ts

http://www.thebrainbee.org/
http://cienciasecognicao.org/brazilianbrainbee/

 

I Olimpíada de Neurociências da Grande Dourados

 

A Olimpíada Brasileira deNeurociências é uma competição sem fins lucrativos que visa a incentivar os estudantes de ensino médio de escolas públicas e particulares a buscarem conhecimentos sobre o sistema nervoso e despertar vocações nas áreas de ciências humanas, tecnológicas e biológicas que estudam ou interagem com as neurociências.

Os alunos passam por etapas eliminatórias e os melhores serão selecionados para participarem da competição internacional. Esse ano, em Copenhague, uma brasileira conquistou o 18º lugar geral e 2º lugar na prova de clínica geral, que consiste no diagnóstico de doenças.

O evento internacional ocorre desde 1998 e, no Brasil, há comitês locais no Rio de Janeiro, Ribeirão Preto, Juiz de Fora, São Paulo, Rio das Ostras, Brasília, São Fidélis e Dourados.

No ano de 2017, os acadêmicos de medicina da Universidade Federal de Dourados (UFGD) realizarão a olimpíada em Dourados, ministrando aulas durante os dias 23/01 a 27/0. A prova local será no dia 18/03.

Trata-se de uma oportunidade única de aprendizado na área de Neurociências e de contato dos alunos de ensino médio com alunos de ensino superior.

A preparação não vale só para as olimpíadas, mas o conhecimento adquirido  também contribui para o aprendizado requerido em provas como o ENEM e vestibulares.

 

Para mais informações:

https://www.facebook.com/olimpiadaneurocienciasgd/?fref=ts

http://www.thebrainbee.org/
http://cienciasecognicao.org/brazilianbrainbee/

 

Adicionar a favoritos link permanente.

2 Comments

  1. Gostaria de receber material para divulgação da olimpíada em meu colégio. Como faço?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *