ALTERAÇÕES DO ÁLCOOL NO SISTEMA NERVOSO CENTRAL E PERIFÉRICO, POR  LETÍCIA TEIXEIRA

INTRODUÇÃO O álcool é a substância psicoativa mais utilizada em nossa sociedade. Apresenta, por isso maior número de complicações relacionadas ao uso continuado ou abusivo ou à interrupção em usuários crônicos. O álcool tem ação antagonista aos receptores NMDA e agonista dos receptores GABA. INTOXICAÇÃO ALCOÓLICA Sinais precoces: euforia, flutuação… Continue lendo…

Dependência de Álcool – por Ariadne Belavenutti Magrinelli. In: “Tópicos em Neurociência Clínica”-Elisabete Castelon Konkiewitz-editora UFGD-2009

INTRODUÇÃO O vício, do ponto de vista farmacológico, pode ser definido por processos como tolerância, sensibilização, dependência e abstinência. Tolerância refere-se a um progressivo enfraquecimento do efeito de determinada droga após exposição repetida, o que pode contribuir para um aumento da ingestão à medida que o vício prossegue. Sensibilização, ou… Continue lendo…