Decifrando o estigma: uma busca para redução de seus impactos em minorias sociais – resenha do artigo “Reducing stigma and discrimination to improve child health and survival in low- and middle-income countries promising approaches and implications for future research”- por Helder Freitas dos Santos.

  É necessário entender previamente que o estigma corresponde a um processo de desvalorização de um indíviduo ou grupo, de acordo com suas atribuições físicas ou pessoais, muitas vezes consideradas incabíveis no ambiente em que vive. Desta forma, o estigmatizado se vê alvo de atitudes e comportamentos negativos da sociedade,… Continue lendo…

EPIDEMIOLOGIA DA INFECÇÃO PELO HIV NO BRASIL E DÉFICIT NEUROCOGNITIVO ASSOCIADO AO HIV- por Renata Nasser, Letícia Ferreira Oliveira e Sara Moraes Peixoto

Introdução A temática do HIV e da AIDS consiste em um dos grandes problemas da Saúde Pública atualmente no Brasil. A AIDS (Acquired Immune Deficiency Syndrome) ou Síndrome da Imunodeficiência Adquirida é uma síndrome que se manifesta em indivíduos infectados pelo vírus HIV (sigla proveniente do inglês que significa Vírus… Continue lendo…

Doença do corpo e da mente: o que sabemos sobre o HAND? – por Brenda Arnold e Murilo Kratz

 Brenda Arnold e Murilo Kratz Resenha do artigo – HIV-associated neurocognitive disorder — pathogenesis and prospects for treatment. Autores: Deanna Saylor, Alex M. Dickens, Ned Sacktor, Norman Haughey, Barbara Slusher, Mikhail Pletnikov, Joseph L. Mankowski, Amanda Brown, David J. Volsky and Justin C. McArthur. Publicado na Nature Reviews|Neurology. v. 12, p. 234-248, Apr 2016.… Continue lendo…

A Neurodevelopmental Model for the Origin of Depression Amongst People living with HIV: Convergence of Social and Neuroimmunological Mechanisms Modelo neurodesenvolviment sta da origem da depressão entre as pessoas que vivem com o HIV: convergência de mecanismos sociais e neuroimunológicos- Elisabete Castelon Konkiewitz 1, Cândida Aparecida Leite Kassuya 1, Edward Benjamin Ziff 2

  Ciências & Cognição 2015; Vol 20(1) 006-017 <http://www.cienciasecognicao.org> © Ciências & Cognição Submetido em 19/01/2015│Aceito em 06/03/2015 ISSN 1806-5821 – Publicado on line em 30/04/2015 Abstract Depression is a major challenge facing people living with HIV (PLHIV), with prevalence rates ranging from 5-36%. Depression impacts negat vely upon adherence and response to combined… Continue lendo…

MECANISMOS PATOLÓGICOS COMUNS ENTRE DEMÊNCIA ASSOCIADA AO HIV E DOENÇA DE ALZHEIMER – por Guilherme Freitas, Luis Eduardo Ormonde, Maira Rossini, Tátila Junqueira

INTRODUÇÃO   Com o avanço do tratamento para a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS), e consequente aumento da sobrevida dos pacientes, preocupações a respeito das sequelas cognitivas do Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) aumentaram1; agora esses pacientes estão adentrando faixas etárias em que doenças cognitivas, como a Doença de Alzheimer… Continue lendo…

O papel de amiloides cerebrais em pessoas com AIDS e sua relação com a terapia antirretroviral – resenha de artigo da “IUBMB life” – por Fabiana Braga.

O papel de amiloides cerebrais em pessoas com AIDS e sua relação com a terapia antirretroviral – resenha do artigo ”Amyloid beta accumulation in HIV-1-infected brain: The role of the blood brain barrier”, publicado em Dezembro de 2012, na “IUBMB life” – por Fabiana Braga.       Nos últimos… Continue lendo…

O HIV e sua Toxicicidade Neuronal – resenha do artigo “Neuronal Toxicity in HIV CNS disease”, publicado em Julho de 2012 na “Future Virol” – por Fabiana Braga

O vírus da síndrome da imunodeficiência adquirida – HIV– surgiu da mutação de um outro vírus, chamado SIV, encontrado no sistema imunológico de macacos africanos. O SIV presente no macaco – verde teria criado o HIV2, uma versão menos agressiva e mais tardia da AIDS; já, os chimpanzés deram origem… Continue lendo…

Síndrome da Fadiga Crônica na Infecção pelo HIV: Fisiologia, Manifestação Clínica e Qualidade de Vida – por Eduardo Kawamoto Amaraes e Kamila Fernandes Ferreira

por Eduardo Kawamoto Amaraes e Kamila Fernandes Ferreira  RESUMO: Com a Terapia Antirretroviral Altamente Eficaz (HAART) obtiveram-se grandes avanços no controle da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) e redução da mortalidade a ela associada. Hoje a infecção pelo HIV mostra aspectos de uma doença crônica, e por isso… Continue lendo…