Arquivo por tag: cérebro

jul 07 2018

DEPENDÊNCIA DE COCAÍNA e INFECÇÃO PELO VÍRUS HIV-por GUSTAVO ROBERTO VILLAS BOAS e THIAGO PAULUZI JUSTINO

INTRODUÇÃO           A associação entre a Dependência do uso de cocaína/crack e a infecção pelo HIV vem mostrando ser uma combinação perigosa, atuando de forma sinérgica no comprometimento no Sistema Nervoso Central (SNC). O HIV é um retrovírus neurotrópico que infecta as células da micróglia, levando a produção de citocinas, que, por sua vez, vão …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/neuroemdebate/?p=4234

abr 16 2018

Desordens neurocognitivas associadas ao HIV: como a Proteína Tat injuria o SNC através dos microRNA’s e como a melatonina pode interferir neste processo-por Otavio Rodrigues Filho e Juliana Vieira Bitante

INTRODUÇÃO              O comprometimento neurológico de pacientes portadores do vírus HIV é um grande desafio.  As desordens neurológicas promovidas pela infecção variam desde distúrbios sensitivo-motores até depressão e demência (MEDAGLIA, 2015). Estima-se que 70% dos pacientes infectados pelo HIV desenvolverão algum tipo de desordem neurológica. Estas desordens não são devidas a apenas um único fator, …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/neuroemdebate/?p=4143

abr 03 2018

O homem moderno: sua tristeza e seu medo – por Elisabete Castelon Konkiewitz

Do ponto de vista neurobiológico, a tristeza é uma resposta normal do cérebro a experiências negativas, especialmente se estas experiências são inesperadas, e se não há saída, ou seja, independentemente da estratégia utilizada, o sofrimento se mostra inescapável. Já o medo é uma resposta a experiências (reais ou imaginadas) de caráter ameaçador, ou seja, que …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/neuroemdebate/?p=4121

nov 03 2017

Cannabis  e o processo neuroinflamatório em pacientes com infecção pelo HIV , por Carolina Rangel de Lima Santos e Laísa Vieira Gnutzmann

  Introdução   Os vírus da imunodeficiência humana (HIV-1 e HIV-2) são retrovírus pertencentes à família dos lentivírus. Essa família inclui vírus capazes de provocar infecções persistentes, com evolução lenta, produzindo degeneração progressiva do sistema imune (Brasil, 2014). O vírus HIV infecta um subconjunto de células de imunidade, em que se incluem as células T …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/neuroemdebate/?p=4010

ago 13 2017

Inflamação crônica no sistema nervoso central, importância de sua patogênese em alterações neurocognitivas associadas ao HIV- por Helder Freitas dos Santos: resenha do artigo “Brain inflammation is a common feature of HIV-infected patients without HIV encephalitis or productive brain infection”.

  As consequências clínicas da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) devem-se à capacidade deste retrovírus em infectar células do sistema imunológico. Os alvos primários do vírus são os linfócitos que expressam o marcador de superfície CD4, que serve como receptor que se liga à proteína do envelope do vírus. Estas células, chamadas de …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/neuroemdebate/?p=3910

jun 11 2017

“É possível medir a consciência? Neuroimagem funcional e evolução no entendimento do cérebro de pacientes não responsivos”, 06/10/2017, com Profa. Dra. Elisabete Castelon Konkiewitz (UFGD)

Palestra: “É possível medir a consciência? Neuroimagem funcional e evolução no entendimento do cérebro de pacientes não responsivos” Palestrante: Profa. Dra. Elisabete Castelon Konkiewitz (UFGD) Data: 06/10/2017 Horário: 08:00 Resumo: Novas técnicas de neuroimagem têm revolvido antigos conceitos. Pacientes que pareciam inconscientes surpreendem com seu padrão de ativação cerebral, revelando que o que se passa …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/neuroemdebate/?p=3775

mar 17 2017

Benefícios do abacate para o cérebro de ratos diabéticos-por Ana Cláudia Piccinelli. Resenha do artigo-Avocado oil improves mitochondrial function and decreases oxidative stress in brain of diabetic rats. Journal of Diabetes Research, 2015.

O diabetes leva a diversos danos nos sistemas do organismo, incluindo o sistema nervoso central (SNC),. Pode levar a condições como isquemia cerebral, doenças vasculares, microangiopatia, declínio cognitivo e atrofia cerebral. Os danos neuronais em diabéticos têm sido relacionados com a disfunção mitocondrial. O estresse oxidativo, por sua vez, leva ao aumento dos níveis de …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/neuroemdebate/?p=3592

nov 26 2016

Noções de neuroanatomia e neurofisiologia-um texto para educadores, por Elisabete Castelon Konkiewitz

  O encéfalo humano é uma rede de mais de 100 bilhões de neurônios interconectados em sistemas que constroem nossa percepção sobre o mundo externo, fixam nossa atenção e controlam o mecanismo de nossas ações. A primeira etapa para se compreender a mente consiste portanto em aprender como os neurônios estão localizados em vias de …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/neuroemdebate/?p=3340

nov 02 2016

A gente quer o prazer e o belo. Musicoterapia para crianças-um texto para educadores, por Elisabete Castelon Konkiewitz

Para que serve a música? -trechos da reportagem da revista SUPERINTERESSANTE (http://super.abril.com.br/ciencia/para-que-serve-a-musica/) Com base no achado de flautas de ossos feitas há 53 mil anos pelos neandertais, pesquisadores estimam que a atividade musical deve ter pelo menos 200 mil anos – contra 100 mil anos de vida do Homo sapiens. É bacana imaginar que talvez esses …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/neuroemdebate/?p=3338

out 09 2016

Anfetamina, cocaína e HIV: um perigoso coquetel para o cérebro-por Patrícia Viegas

    INTRODUÇÃO   A prevalência da infecção pelo vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) vem crescendo em escala global e tornou-se, atualmente, um dos grandes problemas de saúde mundial. Segundo dados da UNAIDS/WHO, no fim de 2011, estimou-se que existam no mundo 34 milhões de pessoas vivendo com o vírus, sendo a infecção responsável pela …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: http://cienciasecognicao.org/neuroemdebate/?p=3286

Carregar mais