Espectro do autismo-parte 8- as pessoas autistas podem ser criativas?- por Elisabete Castelon Konkiewitz

  A Profa Dra Elisabete Castelon Konkiewitz explica como no espectro do autismo a criatividade segue caminhos específicos. Continue lendo…

Filmagem da palestra “Alterações cognitivas e psiquiátricas na epilepsia mesial temporal: um sério problema pouco estudado”-Elisabete Castelon Konkiewitz-

Palestra da Profa Dra Elisabete Castelon Konkiewitz durante o IV Simpósio Internacional de Neurociências da Grande Dourados sobre as alterações cognitivas (funções executivas, memória de trabalho) e afetivas (depressão e ansiedade) que acompanham a epilepsia mesial temporal. A palestra se inicia com noções básicas sobre epilepsia e depois apresenta a… Continue lendo…

Impulsividade: quando a gente se joga sem pensar- por Christiane Dias dos Anjos Cunha

Por que algumas pessoas têm medo e refletem demoradamente entes de tomarem qualquer pequena decisão, enquanto outras agem aparentemente sem pensar? Por que algumas pessoas tomam atitudes sabidamente autodestrutivas por não conseguirem obter controle sobre seus impulsos? Por que algumas pessoas inteligentes e críticas ficam presas a vida toda num… Continue lendo…

Mentes inquietas: Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade, melhora do aprendizado com neurofeedback- por Helder Freitas dos Santos

Resenha do artigo, “Are treatment effects of neurofeedback training in children with ADHD related to the successful regulation of brain activity? A review on the learning of regulation of brain activity and a contribution to the discussion on specificity”. Zuberer A, Brandeis D, Drechsler R. Department of Child and Adolescent… Continue lendo…

EPIGENÉTICA E ADIÇÃO: MECANISMOS QUE GERAM A DEPENDÊNCIA QUÍMICA-por Ana Claudia Hanel Salamoni, Géssika Biatrissy Gutierrez de Moraes Pereira, Luciana Squarizi dos Santos, Raisa Karla Pires de Lima

  INTRODUÇÃO     Desde a época das sociedades mais primitivas, existe o consumo de substâncias psicotrópicas e, no mundo atual, o abuso dessas substâncias tem se tornado um problema comum e crescente (1). Sabe-se que fatores de ordem social, psicológica e econômica estão envolvidos na exposição do indivíduo às… Continue lendo…

PROGRAMAS DE INFORMÁTICA PARA APRIMORAMENTO NO TDAH – por Ana Luiza G. Augusto, Maria Fernanda A. Marconi e Vanessa P. F. Elias

  Introdução     O transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é um transtorno do desenvolvimento, de forte influência neurobiológica, mais comum na infância, afetando 3 a 7% das crianças, e sendo caracterizado por um padrão persistente de desatenção e/ou hiperatividade e impulsividade, que se manifestam em, no… Continue lendo…

Trauma na infância e epigenética – resenha do artigo “Primate evidence on the late health effects of early-life adversity” por Lucas Shuiti

Gabriella Conti,Christopher Hansman, James J. Heckman, Matthew F. X. Novak, Angela Ruggiero, and Stephen J. Suomi; PNAS; 2012 http://www.pnas.org/content/109/23/8866.full   A relação entre as experiências vivenciadas nos primeiros anos de vida e sua influência em comportamentos na vida adulta é, hoje, indiscutível e torna-se objeto de muitos estudos atuais. As consequências mais frequentemente listadas… Continue lendo…