“O Morro dos Ventos Uivantes”, a Metafísica do Amor e a Neurobiologia Evolutiva- por Elisabete Castelon Konkiewitz

Esta palestra propõe um diálogo entre a literatura, a metafísica do amor e a neurobiologia do amor. O objetivo é estabelecer uma relação entre diferentes campos, contribuindo para a construção da matriz de pensamento contemporânea sobre o encontro das neurociências com o sentimento amoroso. Parte da obra de Emily Bronte,… Continue lendo…

Entrevista sobre Biologia Evolutiva com o Professor Maxwell Morais de Lima Filho

Entrevista sobre Biologia Evolutiva   Maxwell Morais de Lima Filho é Biólogo, Mestre e Doutorando em Filosofia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). O Professor Lima Filho leciona Filosofia na Universidade Federal de Alagoas (UFAL) desde 2011 e concedeu essa entrevista a Rafaela Almeida Garcia, Jornalista formada pela Universidade do… Continue lendo…

A CRÍTICA DE DARWIN AO ARGUMENTO TELEOLÓGICO DE PALEY Maxwell Morais de Lima Filho

    Cada corpo organizado, nas disposições que contém para a sua manutenção e propagação, atesta um cuidado por parte do Criador expressamente direcionado para esses fins. (…) As obras da natureza querem apenas ser contempladas – William Paley    O organismo mais insignificante é um tanto mais elevado do… Continue lendo…

O MORRO DOS VENTOS UIVANTES E A METAFÍSICA DA PAIXÃO – por Elisabete Castelon Konkiewitz–canal youtube: https://www.youtube.com/channel/UCrE1N1p5tTnErP5rUA8lrxA

O Morro dos Ventos Uivantes e a Metafísica do Amor Palestra de Abertura do II International Grand Dourados Neuroscience Symposium, 25 e 27 de setembro de 2014. O Morro do Ventos Uivantes é um romance publicado por Emily Brontë em 1848, sendo a única obra de ficção desta escritora, que… Continue lendo…

Our Epigenetic Minds – The Brain Beyond Darwin, by Edward Ziff

We readily accept the idea that brain activity associated with our experiences – hearing, seeing, touching, and tasting – can alter the configuration of brain circuits and change the function of the brain. These changes form our memories, conscious memories and probably others not conscious yet still exerting profound effects… Continue lendo…