A importância do relatório dos educadores sobre o desempenho e o comportamento da criança na escola-por Elisabete Castelon Konkiewitz

A Profa. Dra. Elisabete Castelon Konkiewitz fala sobre a importância do relatório dos educadores sobre o desempenho e o comportamento da criança na escola para o estabelecimento do diagnóstico pelo médico neurologista/ psiquiatra. Continue lendo…

Novos paradigmas para a educação dos superdotados: A questão dos estudantes underachievers e com dupla excepcionalidade-por Vanessa Terezinha Alves Tentes.

Trechos de um capítulo do livro “Altas habilidades/superdotação, inteligência e criatividade” – Angela M. R. Virgolim, Elisabete Castelon Konkiewitz (orgs.)-editora Papirus-201 4. A primeira década do século XXI chegou ao fim, marcada pelo desenvolvimento de uma sociedade cada vez mais interconectada, mediada por tecnologias da informação e da comunicação e… Continue lendo…

Espectro do autismo-parte 8- as pessoas autistas podem ser criativas?- por Elisabete Castelon Konkiewitz

  A Profa Dra Elisabete Castelon Konkiewitz explica como no espectro do autismo a criatividade segue caminhos específicos. Continue lendo…

Espectro do autismo-parte 7: uma inteligência mal compreendida e subestimada- por Elisabete Castelon Konkiewitz

    A Profa Dra Elisabete Castelon Konkiewitz discute os modelos cognitivos da inteligência e as especificidades cognitivas do espectro do autismo   Continue lendo…

Professor cego mostra em livro como ensinar física para quem não enxerga- reportagem de Ana Carolina Moreno Do G1, em São Paulo. (http://g1.globo.com)

Eder Camargo pesquisa formas não visuais de ajudar no ensino da matéria.Ele perdeu visão aos 9 anos e hoje tem pós-doutorado pela Unesp. O professor de educação para a ciência Eder Pires de Camargo, que dá aulas na Universidade Estadual Paulista (Unesp), reuniu em um e-book ferramentas úteis para professores… Continue lendo…

A gente quer o prazer e o belo. Musicoterapia para crianças-um texto para educadores, por Elisabete Castelon Konkiewitz

Para que serve a música? -trechos da reportagem da revista SUPERINTERESSANTE (http://super.abril.com.br/ciencia/para-que-serve-a-musica/) Com base no achado de flautas de ossos feitas há 53 mil anos pelos neandertais, pesquisadores estimam que a atividade musical deve ter pelo menos 200 mil anos – contra 100 mil anos de vida do Homo sapiens. É… Continue lendo…

ALUNOS COM DIFICULDADE DE APRENDIZAGEM PODEM SER CRIATIVOS?- por Sônia Regina Fiorim Enumo e Tatiane Lebre Dias. In: APRENDIZAGEM, COMPORTAMENTO E EMOÇÕES NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA: UMA VISÃO TRANSDISCIPLINAR. Organização: Elisabete Castelon Konkiewitz. Editora UFGD, Dourados, 2013.

“Minha deficiência de leitura, de escrita e de ortografia me afetaram de duas maneiras. Em primeiro lugar, eu não tinha confiança em mim mesma e, em segundo, eu tinha medo dentro de mim. Meu medo era, e ainda é tão grande que, se alguém me pedisse para ler, soletrar ou… Continue lendo…

ATIVIDADES DO COTIDIANO. COMO ORGANIZÁ-LAS?: ORIENTAÇÕES DA TERAPIA OCUPACIONAL PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM TRANSTORNOS COMPORTAMENTAIS-por Adriana Dias Barbosa Vizzotto. In: APRENDIZAGEM, COMPORTAMENTO E EMOÇÕES NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA: UMA VISÃO TRANSDISCIPLINAR. Organização: Elisabete Castelon Konkiewitz. Editora UFGD, Dourados, 2013.

    “Quanto mais penso em desenvolvimento infantil costumo imaginar uma locomotiva cruzando territórios desconhecidos e podendo, a qualquer momento, descarrilar e passar a trilhar novos rumos, muitos deles perigosos e traiçoeiros. Quanto mais precocemente observarmos e identificarmos tais ‘mudanças de curso’, mais rapidamente temos a chance de restabelecer a… Continue lendo…

A CONSTRUÇÃO DE UMA ESCOLA INCLUSIVA POR MEIO DA COLABORAÇÃO, por Eliana Marques Zanata e Vera Lúcia Messias Fialho Capellini. In: APRENDIZAGEM, COMPORTAMENTO E EMOÇÕES NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA: UMA VISÃO TRANSDISCIPLINAR. Organização: Elisabete Castelon Konkiewitz. Editora UFGD, Dourados, 2013.

    “A esperança é fundamental para impulsionar a luta. Mas minha vontade de mudar o mundo não é suficiente para fazê-lo. A descoberta da possibilidade de mudar não é ainda mudar. A consciência de que a mudança é possível (e necessária), é essencial, pois é sabendo que mudar é… Continue lendo…