DEPENDÊNCIA DE COCAÍNA e INFECÇÃO PELO VÍRUS HIV-por GUSTAVO ROBERTO VILLAS BOAS e THIAGO PAULUZI JUSTINO

INTRODUÇÃO           A associação entre a Dependência do uso de cocaína/crack e a infecção pelo HIV vem mostrando ser uma combinação perigosa, atuando de forma sinérgica no comprometimento no Sistema Nervoso Central (SNC). O HIV é um retrovírus neurotrópico que infecta as células da micróglia, levando a produção de citocinas,… Continue lendo…

Um modelo animal de memória traumática, por Bruno Ernandes e Victor Colpo. Resenha do artigo “PTSD-Like Memory Generated Through Enhanced Noradrenergic Activity is Mitigated by a Dual Step Pharmacological Intervention Targeting its Reconsolidation” Lucas Gazarini, PhD; Cristina A. J. Stern, PhD; Rene R. Piornedo, MSc; Reinaldo N. Takahashi, PhD; Leandro J. Bertoglio, PhD. International Journal of Neuropsychopharmacology, 2014, 1-9.

Introdução Sabe-se que pacientes que sofrem de transtorno do stress pós-traumático (PTSD) possuem atividade noradrenérgica aumentada logo após o contato com o evento traumático em questão. Essa maior descarga de neurotransmissores nas sinapses do SNC (sistema nervoso central) é consequência de falhas na regulação feita pelos receptores α-2 dessas mesmas… Continue lendo…

Entre neurônios e sistema imunológico: o que a ciência tem para nos dizer? – por Beatriz Nardoque e Brenda Arnold

    Resenha do artigo – PICKERING, M.; CUMISKEY, D.; O’CONNOR J. J. Actions of TNF-α on glutamatergic synaptic transmission in the central nervous system. Exp Physiol, v. 90, p. 663-670, Jun 2005 “Na vida, nada deve ser temido, apenas compreendido”. Com essa frase, Marie Curie, conhecida na história por… Continue lendo…

Opióides no tratamento da dor crônica: mecanismos de dependência e o papel do glutamato no desenvolvimento da tolerância por Andressa Mendonça Davi, Letícia Teixeira, Natalha Bristot Paurosi e Thiago Cunha Rodrigues.

(Autores: Andressa Mendonça Davi, Letícia Teixeira, Natalha Bristot Paurosi e Thiago Cunha Rodrigues) A dor crônica afeta cerca de 20% da população nos países desenvolvidos.¹ Mulheres e idosos compõem os grupos mais afetados². Há ainda, um consenso atual de que existe uma alta prevalência de dor crônica em nações industrializadas³.… Continue lendo…