O Morro dos Ventos Uivantes, a Neurobiologia do Amor e a Metafísica da Paixão – Por Elisabete Castelon Konkiewitz

O Morro do Ventos Uivantes é um romance publicado por Emily Brontë em 1848, sendo a única obra de ficção desta escritora, que veio a falecer, pouco meses depois, aos 30 anos, após uma vida de poucos acontecimentos, quase toda encerrada em um vilarejo da região de Yorkshire no norte… Continue lendo…

Olfato e Sexualidade-por Vinicius O. Andrade, Guilherme O. Magalhães, Carlos Eduardo M. Fontes e André Soffiatti

 Introdução   A vivência sexual das criaturas é algo consolidado pela evolução como premissa maior para a perpetuação de uma espécie. Tal situação é permeada por diversos fatores que influenciam na forma, frequência e momento em que a sexualidade irá se manifestar através de uma interação com outro indivíduo. E… Continue lendo…