REDENEURO: Rede de Estudos em Neuroeducação

Estimulando a criatividade, a imaginação e a inovação no ambiente escolar através do desenvolvimento de projetos de pesquisa em ciências e saúde

REDENEURO: Rede de Estudos em Neuroeducação

Ciências e Cientistas

O QUE É CIÊNCIA?

A ciência tem evoluído ao longo dos séculos, e Galileu Galilei (1564-1642) é considerado o pai da ciência moderna. Por definição, pode-se entender a ciência como uma das formas de expressão do pensamento humano.

Do latim scientia, representa todo o conhecimento adquirido através do estudo, pesquisa ou da prática, baseado em princípios certos que significa “conhecimento” ou “saber”. São nomes importantes na história da ciência, em diferentes áreas:

  • Nicolau Copérnico (1473-1543)
  • Isaac Newton (1642-1727)
  • Benjamin Franklin (1706-1790)
  • Charles Darwin (1809-1882)
  • Louis Pasteur (1822-1895)
  • Marie Curie (1867-1934)
  • Rosalind Franklin (1920-1958)
  • Steve Jobs (1955-2011)

PARA QUE SERVE?

Em geral, a ciência comporta vários conjuntos de saberes nos quais são elaboradas as suas teorias baseadas nos seus próprios métodos e pesquisas científicas.  Nessas investigações, por se basear em um conjunto ordenado de passos, conhecido como método científico, a ciência se diferencia de outras formas de expressão do pensamento, como a filosofia, as pesudociências (Astrologia, Criacionismo, Paranormalidade, etc.) e o senso comum. É esse método que vamos trabalhar aqui.

O QUE É UM CIENTISTA?

Crianças já nascem cientistas, e o grande material necessário para desenvolver  esse potencial é a vontade e o envolvimento dos professores com os alunos, diz a professora Roseli de Deus Lopes, da escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Os cientistas são como grandes identificadores de problemas. Observam, questionam e investigam o mundo ao seu redor, seja nos padrões matemáticos, nas variações comportamentais humanas ou na natureza. Em um sentido mais amplo, “cientista” refere-se a qualquer pessoa que exerça uma atividade sistemática para obter conhecimento. A sistematização, por sua vez, tem como base o uso de um método específico conhecido como método científico.

O QUE É MÉTODO CIENTÍFICO?

Método científico é um conjunto de passos a serem seguidos na produção do conhecimento dentro da ciência, a fim de validar ou não uma ideia explicativa (hipótese). É o meio utilizado pelo pesquisador/cientista para construir uma fundamentação teórica e prática a respeito de um determinado tema ou fenômeno analisado. A metodologia é essencial na ciência, assim como a ausência de preconceitos e juízos de valor. A ciência tem evoluído ao longo dos séculos, e Galileu Galilei (1564-1642) é considerado o pai da ciência moderna. Muitas informações que encontramos em sites da internet ou mesmo em livros antigos podem estar desatualizadas ou incorretas. Para encontrar informações que tenham valor para nossa pesquisa precisamos estar atentos ao tipo de fonte.

O CIENTISTA faz uma pesquisa e do resultado e conclusões obtidas, discute dentro de um corpo teórico maior, procurando avançar em um determinado campo do conhecimento. Já o PESQUISADOR executa, cuida do método, cumpre o planejado, o cronograma, busca os objetivos, é organizado e comedido, é o que constrói o resultado. Conhecimento prévio sobre o tema e mente criativa são pré-requisitos necessário para um pesquisador. Além do mais, é das perguntas, movidas pela atividade criativa e inventiva, que nascem as grandes pesquisar.

Os cientistas são como grandes identificadores de problemas. Observam, questionam, investigam e só  com sensibilidade e olhar curioso, acentuam o cerne do problema com facilidade aplicando-lhe as perguntas básicas: O quê? Por quê? Quem? Como? Onde? Quais as implicações disso? Etc. Aliás, as boas perguntas fazem toda a diferença.

COMO É FEITO?

Com base na sistematização do método é possível a formulação de um artigo científico que pode ser publicado em periódicos da área de pesquisa. Ele é fundamentado na observação crítica de um fenômeno e dos fatores que o influenciam. Com base nesse conhecimento, é formulada uma hipótese, que posteriormente será testada. A fase de teste deve ocorrer em condições previamente estabelecidas e controladas. Se o raciocínio do pesquisador estiver correto, suas experiências confirmarão a sua hipótese, caso contrário, sua hipótese será refutada. Somente mediante a observação crítica e a prática  experimental, é possível legitimar sua tese ou teoria na comunidade científica. Isso não quer dizer que teorias sejam infalíveis, são aceitas até que sejam formuladas outras que refutem as atuais, parcial ou completamente.

O método científico é feito seguindo alguns passos fixos. São eles:

COMO PODERIA SER ORGANIZADO UM ROTEIRO SEGUNDO A APLICAÇÃO DO MÉTODO CIENTÍFICO?

  • ESCOLHA DO TEMA E DELIMITAÇÃO
  • DETERMINAÇÃO DOS OBJETIVOS
  • FORMULAÇÃO DA PERGUNTA
  • PENSANDO NA HIPÓTESE
  • TESTANDO A HIPÓTESE (CADERNO DE LABORATÓRIO)
  • LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO
  • ANALISANDO OS DADOS
  • INTERPRETAÇÃO DOS RESULTADOS
  • EXPOSIÇÃO DOS RESULTADOS

Vamos entender um pouco melhor sobre como fazer isso? Basta acessar o nosso GUIA e frequentar nossas OFICINAS. Modelos de projetos também podem ser consultados na área de ROTEIROS!!! Divirta-se fazendo Ciências!!!