One thought on “Espectro do autismo-parte 5-trabalho, inclusão e sexualidade- por Elisabete Castelon Konkiewitz

  • 13/02/2021 em 12:05
    Permalink

    Tenho um filho asperger, adolescente com 16anos e me preocupo com seu futuro no mercado de trabalho. Ele aprendeu inglês sozinho e penso em um trabalho em que o inglês possa ser uma ferramenta facilitadora. Tem de ser um trabalho que ele possa desenvolver sozinho….muito interessante a fala da Dra. Elisabete.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *