Uma reflexão sobre mediação escolar

UMA REFLEXÃO SOBRE A MEDIAÇÃO ESCOLAR

Pedro Cunha, Ana Paula Monteiro

Resumo

No meio escolar os atores sociais são confrontados, muitas vezes, com a necessidade de lidar com desejos, interesses e valores distintos dos seus e podem ver-se implicados em conflitos que exigem respostas eficazes na forma como são enfrentados. O desenvolvimento de competências de gestão construtiva de conflitos na escola é, pois, de indiscutível atualidade, sendo a mediação uma metodologia cada vez mais aplicável aos mais diversos tipos de conflitualidade. Para além de pretender descrever o processo de mediação escolar e as principais fases, o artigo procura analisar os papéis, competências e características de um mediador escolar, isto é, de um facilitador do relacionamento interpessoal. Reflete-se ainda sobre o desenvolvimento das condições organizacionais necessárias à implementação de um programa de mediação na escola. Para finalizar, ressaltam-se as principais vantagens e limitações dos programas de mediação escolar enquanto práticas educativas inovadoras.

Palavras-Chave: Mediação; Conflitos; Programas; Escola.

Texto completo: PDF

[Publicado em: Ciências & Cognição 2016; Vol 21(1), pp. 137-154 © Ciências & Cognição – ISSN 1806-5821. Disponível em: http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/1102/pdf_75]

***

Imagem em destaque: free use PIXABAY – https://pixabay.com/pt/photos/marca-marcador-m%c3%a3o-escrever-516279/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Back To Top